• Jessica Dourado

3 Motivos para você começar a cultivar parcerias profissionais


Se tem uma coisa que aprendi e levo sempre comigo é a importância de firmar parcerias. Tanto no trabalho de redação, mas também nos trabalhos voluntários e em, basicamente, todas as áreas da minha vida.


Mesmo em um trabalho “solitário” como o nosso de muitos freelancers (seja de redação, design, programação etc), uma boa parceria só tem a agregar. Aquela história de que uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto é bem verdade.


Isso porque, com parcerias você pode:


  • Conhecer mais pessoas

  • Captar mais clientes

  • Receber mais trabalhos

  • Ter mais experiência por perto


Além de tudo isso, vale destacar que se você é freelancer, por mais multitarefas que você seja, dificilmente vai conseguir dar conta de tudo sozinho. Principalmente quando um cliente quer um job mais completo.


É comum os contratantes pedirem conteúdo + arte + revisão, ou até mesmo roteiro + vídeo + revisão, e assim por diante. Nesses momentos é de muita valia ter parceiros que são especialistas na habilidade que você não domina.


Se ainda não te convenci. Confira a seguir 3 motivos para você começar a cultivar parcerias no mercado de trabalho e nessa vida de freelancer.


1 - Seu trabalho chega em mais lugares


Consolidar sua base de clientes é essencial. Expandir então, melhor ainda! Com um bom trabalho é bastante comum que seus clientes recomendem e passem seu contato adiante. No entanto, é bom não depender apenas disso.


Outra ótima forma de fazer seu trabalho chegar em mais lugares é por meio de parcerias. Muitas vezes pode acontecer de um contratante precisar das suas habilidades, mas procurar quem não é especialista. Esse é o momento que acontecem as indicações!


Por isso, além de fazer parcerias com quem desempenha a mesma função que você, faça também com quem tem expertise em outras funções. Da mesma forma o contrário! Ter parcerias dentro e fora das suas funções é fundamental.


2 - Ganha credibilidade


Quando é um parceiro que indica seu trabalho, automaticamente essa indicação já vem carregada de confiança e credibilidade.


É bastante comum clientes estarem com pressa e não conseguirem fazer uma seleção adequada para seus projetos. Por isso, confiam muito na indicação de quem já trabalha com eles.


Claro que a indicação do seu parceiro tem muita credibilidade, mas a confiança quem ganha é você! As parcerias apenas abrem portas que talvez você não enxergasse ou não teria acesso sozinho.


3 - Pode contar com uma rede de apoio


Para além da parte profissional, é de grande valia emocional e motivacional contar com parceiros. Principalmente com a instabilidade que é o mercado de trabalho em tempos de pandemia, crise econômica e pouco emprego.


Quem é freelancer sabe, muitas vezes temos que matar um leão por dia para continuar vivendo do nosso trabalho. Por isso, uma rede de apoio profissional pode fazer toda diferença na sua vida.


Há dias, semanas e até mesmo meses que os jobs não entram, a grana fica curta ou a gente não consegue despedir aquele cliente problema. E tudo isso pode vir somado ao fato de que seus parceiros podem não ter serviços para te indicar no momento.


Quando isso acontece, seus parceiros podem te oferecer o que eu resolvi chamar de “colinho profissional”. Em momentos de seca, é comum a gente duvidar da nossa capacidade, se sentir incompetente e ficar pra baixo. Mesmo sem um job para te oferecer, seus parceiros são aqueles que, de fato, conhecem seu trabalho e lembram que é só um período ruim que vai passar.


Amplie seu networking!


Se você não tinha motivos para ter parceiros nessa jornada que é o mercado de trabalho, melhor começar a ter.


Óbvio que cultivar qualquer relação com seres humanos não é sempre um mar de rosas. Lidar com pessoas é lidar também com outros sonhos, expectativas, vivências e toda bagagem que o outro carrega.


Mas ao mesmo tempo que isso assusta, é também uma das melhores partes quando se trata de relacionamentos (até mesmo de trabalho).


Então está esperando o quê para ampliar seus networking? Começa comigo! Estou aberta a freelas, e quando chega uma demanda que não sou capaz de fazer sempre indico quem possa.


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo